História do Brasil

As Mudanças na Economia do Brasil – Era Vargas

As Mudanças na Economia do Brasil – Era Vargas (Governo Provisório (1930/1936))

No plano econômico, as mudanças ocorridas com a Revolução de 1930 resultaram na superação da tese segundo a qual o Brasil tinha uma vocação eminentemente agrícola. A impossibilidade de continuar importando bens manufaturados, criada pelos efeitos gerais da crise de 1929, proporcionou um grande estímulo a expansão das industrias existentes e à instalação de novas.

Em boa parcela, essa reorientação da economia brasileira deveu-se ao tratamento dispensado pelo governo ao café. Uma vez que as exportações de café representavam 71% da pauta, fazia-se necessário medidas que o protegessem e, por conseguinte, assegurassem níveis razoáveis de renda nacional. A solução encontrada foi incineração dos estoques excedentes. Essa medida, iniciada em 1931 e mantida até 1941, garantia um preço mínimo aos produtores, gerando divisas e evitando o aumento do desemprego no setor.

Ainda no plano agrícola, a partir de 1934 verificou-se um formidável crescimento das exportações de algodão. Neste ano, o valor total das exportações atingiu 456.16 cruzeiros, enquanto no ano anterior não havia passado de 32.72 cruzeiros. Tal crescimento foi possível, em virtude da aproximação econômica junto a Alemanha que passara a travar feroz concorrência com os Estados Unidos e Grã-Bretanha, desde os primeiros anos da década.

No que diz respeito à industrialização, é de se notar a participação ativa do governo federal. Ao promulgar decretos e criar instituições (conselhos, departamentos, companhias e fundações), ao mesmo tempo em que alimentava o debate sobre a questão, o governo não só incentivou o investimento na produção industrial, assim como contribuiu para formar um conceito industrialista, ainda incipiente num país que em passado recente utilizava o braço do trabalho escravo. Embora não tenha havido uma mudança radical na relação produção industrial; produção agrícola, permanecendo o país ainda preponderantemente agrícola, o crescimento industrial na década de 1930 atingiu mais de 60% dos níveis registrados em 1929.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios